O primeiro passo para quem quer empreender é saber o que pode oferecer ao mercado e o que o mercado deseja, definindo sua chamada “proposta de valor” e seu plano estratégico, que vai guiar a empresa. Vai precisar também compreender quem são seus concorrentes, o perfil dos seus clientes e funcionários, estimativas de receitas e custos do negócio. Depois, é preciso transformar tudo isso em realidade.

Quando se tem um produto ou serviço a oferecer, deve-se ter a confiança de levá-lo para o mercado a um preço justo pelo valor que ele acrescenta. É preciso também que o cliente aprenda a confiar em você, e essa confiança se constroi honrando suas promessas e sendo totalmente competente em todo o seu marketing mix (atendimento, disponibilidade do produto/serviço, cordialidade no contato, pós-venda, retorno ao cliente, assistência técnica, equipe de vendas e relacionamento, ponto de venda e de reforço da experiência com a marca etc.).

O empreendedor vai navegar muitas vezes sem segurança, sozinho em suas decisões, mas dispõe de uma liberdade para errar que jamais teria num emprego fixo. Deve aprender a lidar com o mau tempo e confiar em seu plano estratégico. Com esforço, o trabalho bem feito acaba dando resultados.

Cada decisão tomada traz consigo um risco de errar. O mais importante é aprender com ele, avaliá-lo bem e criar ações para rapidamente identificar os problemas, de modo que os sinais de perigo não passem despercebidos.

Tocar novos projetos, assumir riscos e começar do zero pressupõe confiança em si mesmo e no futuro. O empreendedor se impõe desafios maiores porque acredita que tem condições de superá-los. E a sorte vem para aqueles que se prepararam enquanto outros descansavam.

Por fim, evitar o estresse é fundamental. Quanto maior o desgaste, mais vulnerável ele se sentirá a mudanças de ânimo e decisões equivocadas. Atividade física, espiritualidade e boas sessões de terapia ajudam bastante.

One Comment

  1. Marcone gomes da silva-Reply
    25 de julho de 2018 at 09:49

    gostei muito do arquivo, parabéns
    é isso mesmo o empreendedor tem que elaborar um bom plano de negócios, que vai servir como um guia,uma bussola a lhe guiar.

Deixe uma resposta para Marcone gomes da silva Cancelar resposta